RN309 - Índice de Reajuste de Empresas Agrupadas

 

Em cumprimento à Resolução Normativa nº 309/2012 da ANS, todos os contratos coletivos com menos de 30 beneficiários de uma mesma operadora deverão ser agrupados para fins de cálculo e aplicação do reajuste contratual. Para a aplicação do reajuste esta operadora adota a fórmula IRC=índice financeiro * ((sinistralidade calculada/sinistralidade limite)-1) x 100, cumulada com a variação do IGPM de 12 meses, conforme consta no TERMO ADITIVO assinado, onde a sinistralidade do grupo ficou dentro do limite. Com base no exposto, o índice calculado para o período de maio de 2021 a abril de 2022, para as empresas agrupadas no pool de risco, contratualmente e legalmente corresponderia à variação do IGPM, base mar/2021, que foi de 31,11%. Contudo, ainda que este reajuste seja de direito da operadora, não é adequado mercadologicamente, portanto o índice que melhor representa a reposição de custos dos serviços médicos assistenciais no período apurado é 10% (dez por cento) a ser aplicado para contratos empresariais com menos de 30 beneficiários.

CONTRATO

240

242

317

170

189

268

293

318

814

175

271

328

806

802

REAJUSTE

05/2021

05/2021

05/2021

07/2021

07/2021

07/2021

07/2021

07/2021

07/2021

08/2021

08/2021

08/2021

08/2021

09/2021

CONTRATO

182

224

290

325

125

266

329

200

210

225

260

261

310

311

CONTRATO

332

218

297

335

337

219

267

277

278

338

 

REAJUSTE

01/2022

02/2022

02/2022

02/2022

02/2022

03/2022

03/2022

03/2022

03/2022

03/2022

REAJUSTE

10/2021

10/2021

10/2021

10/2021

11/2021

11/2021

11/2021

12/2021

12/2021

12/2021

12/2021

12/2021

01/2022

01/2022